Estratégias formativas do Programa PIBID no Estado de São Paulo: os subprojetos de pedagogia em questão

  • Maria de Fátima Ramos Andrade USCS
Palavras-chave: Pibid; Formação docente; Pedagogia; Estratégias formativas

Resumo

O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que buscou identificar estratégias formativas empreendidas, por Instituições de Ensino Superior (IES) do Estado de São Paulo, nos subprojetos de Pedagogia do Programa Institucional de Iniciação à docência (PIBID). Foram considerados como objeto de análise as produções disponíveis na web (subprojetos, resumos, artigos, etc.) relativas ao PIBID de Pedagogia das IES identificadas na pesquisa. Os trabalhos analisados fizeram referência aos textos propostos pelo programa e, com relação às estratégias formativas, constatamos que as universidades, juntamente com as escolas, têm procurado fazer relações entre o que se aprende e o que se observa, um exercício de aprimoramento do olhar investigativo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.
ALARCÃO, Isabel. Formação Continuada como instrumento de profissionalização docente. In: VEIGA, Ilma Passos A. (org.). Caminhos da profissionalização do magistério. Campinas: Papirus, 1998.
FREIRE, Paulo Freire. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
GATTI, Bernardete Angelina (coord.) e Barreto, Elba Siqueira de Sá. Professores do Brasil: impasses e desafios. UNESCO, 2009, Brasília.
NÓVOA, António (org.). Profissão professor. Lisboa. Porto Editora. 2ª edição. 1992.
PIMENTA, Selma G. O estágio na formação de professores - unidade teoria e prática? São Paulo: Cortez, l994.
_________________. Formação de professores - saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação da USP. V. 22, n. 2, 1996:72-89.
_________________. A prática (e a teoria) docente resinificando a Didática. In: Oliveira (org.) Confluências e divergências entre Didática e Currículo. Campinas: Papirus, 1998:153-176.
_________________. (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo. Cortez. 1999.
SCHÖN, Donald. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA (org.). Os professores e sua formação. Lisboa. Dom Quixote. 1992:77-92.
TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.
ZEICHNER, Kenneth. Para além da divisão entre professor-pesquisador e pesquisador-acadêmico. In: FIORENTINI, GERALDI E PEREIRA (org.). Cartografias do Trabalho Docente. Campinas: Mercado de Letras, 1998.
Referências de sites:

Capes ,Edital. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à docência. Disponível em:
Acesso em: 22 de Agosto de 2013.
Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Disponível em:
Acesso em: 28 de Julho de 2014.
Capes, Editais e Seleções. Disponível em:
< http://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/DEB_Pibid_Relatorio-2009_2011.pdf > Acesso em: 28 de Julho de 2014.
Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Disponível em:

Acesso em: 28 de Julho de 2014.
Publicado
12-07-2019
Como Citar
ANDRADE, M. DE F. R. Estratégias formativas do Programa PIBID no Estado de São Paulo: os subprojetos de pedagogia em questão. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 11, n. 20, p. 45-64, 12 jul. 2019.