https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/issue/feed Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores 2021-01-13T21:22:10+00:00 José Jardilino jrjardilino@gmail.com Open Journal Systems <div class="home-box"> <p>A "Formação Docente" – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, publicação digital sob a responsabilidade editorial do Grupo de Trabalho- GT "Formação de Professores" (GT08), da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), em coedição com a Editora Autêntica.</p> </div> https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/449 APRESENTAÇÃO - Programa de Formação de Professores - “Residência Pedagógica 2020-12-23T23:30:36+00:00 José Rubens Lima Jardilino jrjardilino@gmail.com 2020-12-22T20:10:43+00:00 Copyright (c) 2020 José Rubens Lima Jardilino https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/439 Residência pedagógica. Circulação de ideias, modelos e apropriações na formação de professores 2020-12-23T00:33:43+00:00 Celia Maria Benedicto Giglio celia.giglio@unifesp.br <p>O artigo apresenta de modo sumário a concepção e o desenvolvimento do Programa de Residência Pedagógica (PRP) do Curso de Pedagogia da Universidade Federal de São Paulo desde 2006. Analisa proposições legislativas federais e dos executivos federal e estadual de São Paulo de modelos de “residências” na formação inicial e continuada de professores da educação básica, confrontando os modelos com a ideia-chave de vinculação entre formação teórica de base e a prática socioprofissional de professores e gestores escolares. Conclui da análise que o poder da palavra <em>Residência</em> na formação de professores remete a uma ideia-força que sugere formação de qualidade superior. Os Projetos Legislativos contaram com essa âncora, porém, sem conteúdo articulado à realidade. As iniciativas legislativas ou do executivo federal e do Estado de São Paulo revelaram distintas motivações e concepções: como formação continuada, assumiram a potencialidade da imitação pelo exemplo; aplicada à formação inicial de professores, a Residência Educacional em São Paulo reproduziu mais a experiência de um estágio remunerado em apoio às <em>escolas prioritárias</em>. A indução proposta pela Capes apresenta dois elementos centrais: foco na formação inicial de professores e <em>adequação dos currículos e propostas pedagógicas de licenciatura às orientações da BNCC. A</em> iniciativa não tem escala e pode estar assumindo a<em> função</em> de preparar a aceitação do modelo pelas IES, se e quando tornar-se uma imposição legal. Considerando o terceiro setor, a circulação de ideias e apropriações nacionais e internacionais da “<em>marca”</em> já oferta o Programa de Residência Pedagógica como um produto inovador no mercado da formação de professores.</p> 2020-12-22T20:14:18+00:00 Copyright (c) 2020 Celia Maria Benedicto Giglio https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/435 A Formação Continuada em um Programa de Residência Docente: A Experiência da UFJF 2020-12-23T00:33:53+00:00 Angelica Cosenza Rodrigues ar_cosenza@hotmail.com Juliana Madalena Trifilio Dias juliana.maddalena@ufjf.edu.br Cassiano Caon Amorim cassianoamorim@hotmail.com <p>A formação de professoras/es tem sido objeto de estudos aprofundados na busca por avanços na construção do saber que articula o conhecimento das diversas áreas, pela defesa da profissionalização docente e pela qualidade formativa no âmbito das instituições de ensino superior. Nessa direção, no ano de 2019, a UFJF cria o Programa de Residência Docente (RD), que constitui-se a partir de uma política institucional de formação de professoras/es alinhada ao Projeto Pedagógico Institucional das Licenciaturas (UFJF, Resolução nº 111/Congrad), à Resolução CP/CNE 2/2015 e ao Plano Nacional de Educação (2014-2024). Assim, este artigo se propõe a relatar os processos que alicerçam a implantação do Programa de Residência Docente (RD) na Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF. Compreendemos que a consolidação do Programa RD responde a uma necessidade premente nas IFES, direcionada à melhoria permanente da qualidade social da educação e à valorização e dignidade profissional docente.</p> 2020-12-22T20:16:13+00:00 Copyright (c) 2020 Angelica Cosenza Rodrigues, Juliana Madalena Trifilio Dias, Cassiano Caon Amorim https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/428 O Programa de Residência Docente do Colégio Pedro II: Histórico E Perspectivas 2020-12-23T00:33:57+00:00 Francisco Roberto Mattos francisco.mattos@gmail.com Jorge Marques jorgelmarques@globo.com Aira Suzana Ribeiro Martins airasuzana.ribeiromartins@gmail.com <p>Este trabalho pretende apresentar o Programa de Residência Docente (PRD), desenvolvido pelo Colégio Pedro II.&nbsp; Abordar a Residência Docente é tratar também da questão da formação continuada, que permanece como uma das lacunas nas políticas públicas da Educação Brasileira. Assim, é necessário ter-se um professor que avalie e reflita sobre suas práticas pedagógicas e que encare o magistério como um eterno ‘vir a ser’. Nesse sentido, a formação continuada e, em última instância, o Programa de Residência Docente buscam a construção de um perfil de professor-pesquisador, o qual, além de investigar práticas e processos pedagógicos, avalia o contexto socioeducativo e se autoavalia. Abordamos no texto, questões como o histórico do Colégio Pedro II e sua tradição na pesquisa; as motivações que levaram à criação e execução do PRD; a presença do PRD no organograma institucional e as perspectivas do Programa de Residência Docente na politica educacional atual.</p> 2020-12-22T20:22:00+00:00 Copyright (c) 2020 FRANCISCO ROBERTO MATTOS, JORGE MARQUES, Aira Suzana Ribeiro MARTINS https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/444 Residência Docente no Centro Pedagógico da UFMG: O fazer docente como objeto de reflexão 2020-12-23T00:33:59+00:00 Cláudia Sapag Ricci ricci.clau@gmail.com Selma Moura Braga selmambraga@gmail.com Tânia Margarida Lima Costa tmlc08@gmail.com <p>O curso Residência Docente - Centro Pedagógico/UFMG atua na formação continuada de professores em exercício em redes públicas de ensino, a partir de vivências e reflexões sobre o fazer pedagógico nas suas dimensões teóricas e práticas. Manteve, em suas duas edições - aperfeiçoamento (Contagem/MG, 2014/2015) e especialização (Belo Horizonte/MG, 2018/2020), a intenção de propiciar condições de reflexão - ação - reflexão, desenvolvimento pessoal e profissional, alterações na prática docente, e,&nbsp; num espectro maior,&nbsp; mudanças na instituição escolar de origem do residente. Destacamos o caráter estruturante da análise da própria prática pedagógica, seja do residente ou do pesquisador supervisor, a relação dialógica entre diferentes contextos escolares e o processo colaborativo na perspectiva de reconstrução da cultura escolar. O Residência Docente, além de reafirmar o papel social do Centro Pedagógico/UFMG junto a Rede Pública de Ensino, movimenta, de forma integrada, o ensino, a pesquisa e a extensão.</p> 2020-12-22T20:26:35+00:00 Copyright (c) 2020 Cláudia Sapag Ricci, Selma Moura BRAGA, Tânia Margarida Lima COSTA https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/414 Residência pedagógica em um instituto federal: narrativa dos (des) caminhos formativos 2020-12-23T00:34:03+00:00 Rosenilde Paniago rosenilde.paniago@ifgoiano.edu.br Patrícia Gouvêa Nunes patricia.nunes@ifgoiano.edu.br Celso Martins Belisário celso.belisario@ifgoiano.edu.br <p>Este artigo apresenta resultados de uma investigação, cujo foco foram experiências formativas do Programa Residência Pedagógica (PRP)–Edital nº 6/2018, em um Instituto Federal de Educação. Objetivou-se identificar as experiências de aprendizagens da docência e analisar a possibilidade da formação para a investigação como contributiva para a práxis. Nesta pesquisa de natureza qualitativa, adotaram-se, como procedimentos de recolha de dados, narrativas dos estudantes, registradas em portfólio e análise documental. Os resultados indicaram como possibilidades de aprendizagens da docência, a interação com os alunos, a participação em eventos e o trabalho com projetos. Contudo, apesar do esforço da instituição em delinear, no projeto institucional e subprojetos, os princípios de uma formação na e para a investigação, a alta carga horária à regência a cumprir estipulada no edital do programa, fragilizou o processo formativo, sendo priorizadas mais atividades práticas em sala de aula em detrimento ao exercício da problematização, reflexão e investigação.</p> 2020-12-22T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Rosenilde Paniago, Patrícia Gouvêa NUNES, Celso Martins Belisário https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/436 Aprendendo a ser professor: as contribuições do programa Residência Pedagógica 2020-12-23T23:30:09+00:00 Eliana Silva Felipe licafelipe@hotmail.com Celi da Costa Silva bahia celibahia@yahoo.com.br <p>O artigo analisa as contribuições do Programa Residência Pedagógica para a aprendizagem profissional da docência de estudantes do curso de Pedagogia da UFPA, problematizando os aspectos mais relevantes à apropriação de saberes profissionais. Para tanto, examina, por meio da análise documental, as diretrizes gerais do Programa, os percursos formativos vivenciados pelos estudantes e documentados em relatórios, anotações e avaliações escritas, entre outros documentos. Aponta-se entre os aspectos mais relevantes à socialização profissional e às aprendizagens dela decorrentes&nbsp; no processo de Residência Pedagógica a qualidade dos espaços formativos, a vivência do trabalho educativo em sua totalidade, o envolvimento pessoal e profissional com as preceptoras, a prática da pesquisa como atividade que articula teoria e prática, produzindo intervenções nos campos de estágio profissional mais criativas e contextualizadas, entre outros aspectos.</p> 2020-12-22T20:36:35+00:00 Copyright (c) 2020 Eliana Silva Felipe, Celi da Costa Silva bahia https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/433 Residência Pedagógica: entre convergências e disputas o campo da Formação de Professores 2020-12-23T23:29:43+00:00 Isabel Maria Sabino de Farias isabelinhasabino@yahoo.com.br <p>O trabalho discute o Programa de Residência Pedagógica (PRP) como uma política educacional de formação de professores. A análise identifica o PRP como prática formativa que toma de empréstimo o princípio da imersão do licenciando no futuro contexto de trabalho. Ao problematizar a emergência do PRP como política pública, delineada sobretudo no pós-golpe de 2016, considera que ela exprime a disputa sociopolítica e educacional em torno das práticas de formação de professores, evidenciando tendência das políticas neoliberais de imposição de orientações curriculares, a exemplo do que ocorre com a BNCC da Educação Básica. Argumenta-se que é isso que se sucede com o PRP em relação ao Pibid e ao Estágio Supervisionado, gerando sobreposição e fragmentação que tende a acentuar a dicotomização teoria e prática na formação inicial.</p> 2020-12-22T20:39:50+00:00 Copyright (c) 2020 Isabel Maria Sabino de Farias https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/437 Residência pedagógica: uma discussão epistemológica 2020-12-23T23:29:19+00:00 Katia Augusto P. Cordeiro Curado Silva katiacurado@unb.br <p>O presente texto objetiva apresentar, de maneira ampla, elementos teóricos e metodológicos sobre a configuração da Residência Pedagógica numa perspectiva crítica emancipadora. O estudo se justifica a partir da compreensão de que a formação de professores tem se constituído, ao longo das últimas décadas, como uma importante pauta no contexto das políticas educacionais desenvolvidas em diferentes países. Por ser considerada como aspecto fundamental para a construção da qualidade na educação, importa-nos discutir a Residência Pedagógica como um dos elementos políticos e pedagógicos da formação que traduzem diferentes valores, princípios e projetos de sociedade. Para tanto, são apresentadas, inicialmente, discussões sobre formação de professores; seguidas da análise conceitual da Residência Pedagógica e a discussão de uma proposta crítica emancipadora. Este caminho, referenciado em estudos bibliográficos sobre a temática, proporcionou desvelar elementos presentes nos projetos de formação de professores que atravessaram historicamente o modo que estes se constituem no Brasil. Dialeticamente, buscou-se estabelecer o desenvolvimento do projeto de formação comprometido com a humanização e a emancipação dos sujeitos, numa perspectiva dialógica que reconhece a educação como uma prática social situada e que toma, como ponto de partida, os contextos de vivência dos sujeitos de forma a construir propostas prenhes de sentido e significado para quem delas participa.</p> 2020-12-22T20:49:35+00:00 Copyright (c) 2020 Katia Augusto P. Cordeiro Curado Silva https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/395 A relação teoria e prática no programa residência pedagógica da Universidade Federal do Piauí 2020-12-23T23:28:53+00:00 Antonia Dalva França Carvalho adalvac@uol.com.br Raimunda Alves Melo raimundinhamelo@yahoo.com.br Luisa Xavier de Oliveira luisaxavier77@yahoo.com.br <p>Esta pesquisa discute o design do Programa Residência Pedagógica (PRP) desenvolvido na Universidade Federal do Piauí (UFPI), evidenciando os fundamentos que caracterizam essa experiência, metodologias e estratégias são utilizadas para a aproximação entre universidade e escolas e qual a concepção de formação docente embasa as ações do referido programa. Realizou-se pesquisa descritiva de abordagem qualitativa utilizando a observação simples e análise documental da legislação que regulamenta/orienta o programa para produção dos dados. Os resultados apontam que a aproximação da IES e as escolas campo acontece principalmente por meio da formação continuada dos professores da educação básica e atuação dos residentes nas diversas atividades desenvolvidas em âmbito escolar. A concepção pedagógica que fundamenta as ações do PRP, a priori, é a perspectiva prática com enfoque reflexivo emancipatório.</p> 2020-12-22T20:53:19+00:00 Copyright (c) 2020 Antonia Dalva França Carvalho, Raimunda Alves MELO, Luisa Xavier de Oliveira https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/410 Programa de Residência Pedagógica: conexões entre a formação docente e a Educação Básica 2020-12-23T23:28:28+00:00 Alba Regina Battisti de Souza Souza alba.faed@gmail.com Lourival José Martins Filho lourivalfaed@gmail.com Rosa Elisabete Militz Wypyczynski Martins rosamilitzgeo@gmail.com <p>&nbsp;O artigo tem como objetivo problematizar e analisar as possíveis conexões promovidas pelo Programa de Residência Pedagógica (PRP) com a Educação Básica, considerando a formação inicial, a relação entre as instituições formadoras e a inserção dos licenciandos nas escolas. Como objeto de estudo, foram consideradas as experiências dos próprios autores, participantes do programa e docentes dos cursos de Geografia e de Pedagogia de uma instituição pública estadual de ensino superior. Documentos oficiais, institucionais e relatórios constituem os dados coletados. Os resultados do estudo demonstram que o PRP intensificou as relações com as escolas e a participação das professoras preceptoras possibilitou aos residentes uma contínua e ampliada convivência com o contexto escolar, aprimorando o processo formativo e fomentando a relação teoria e prática. O trabalho desencadeou uma série de problematizações quanto ao formato e abrangência do programa como uma política de formação docente.</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE</strong>: Formação Docente. Programa de Residência Pedagógica. Relação Universidade e Escola.</p> 2020-12-22T20:56:20+00:00 Copyright (c) 2020 Alba Regina Battisti de Souza Souza, Lourival José Martins Filho, Rosa Elisabete Militz Wypyczynski Martins https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/404 Estudo das repercussões do Programa Residência Pedagógica na formação de Professores de Matemática 2020-12-23T23:31:01+00:00 Douglas da Silva Tinti tinti@ufop.edu.br José Fernandes da Silva jose.fernandes@ifmg.edu.br <p>O presente artigo tem por objetivo analisar as repercussões do Programa Residência Pedagógica - PRP na formação de professores de Matemática. Para tanto, realizou-se uma metassíntese qualitativa a partir de 14 estudos apresentados no XIII Encontro Nacional de Educação Matemática. Com vistas a aprofundar a análise das repercussões, os estudos foram agrupados em cinco categorias, a saber: práticas inovadoras; reflexões sobre o PRP; contribuições para a formação inicial do professor de Matemática; aproximação com a escola da Educação Básica e formação e integração dos envolvidos no PRP. Os resultados permitiram compreender que as repercussões identificadas decorrem das características do PRP, enquanto Política Pública de formação. Desse modo, as repercussões apresentadas são oriundas da centralidade do Programa (formação de professores), que foi dinamizada em regime de parceria entre universidade e escola, mobilizando processos de inserção, imersão e de regência no contexto escolar.</p> 2020-12-22T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Douglas da Silva Tinti, José Fernandes da Silva https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/387 Residência pedagógica, ensino por investigação e a profissionalização de professores de física de uma universidade pública federal 2020-12-23T23:28:03+00:00 Geide Coelho geidecoelho@gmail.com <p>Este estudo buscou compreender como o programa Residência Pedagógica contribuiu para a profissionalização docente de residentes do curso de Física de uma universidade pública federal. Para a produção dos dados, realizamos uma roda de conversa com sete residentes que fizeram parte do primeiro edital do programa. Para análise dos dados, pautamo-nos nos pressupostos da Análise Textual Discursiva. Os resultados evidenciam que a vivência no cotidiano escolar e a possibilidade de analisar coletivamente o exercício profissional foram fundamentais para o processo de profissionalização desses residentes. Consideramos também que a concepção do ensino por investigação influenciou na constituição de novos modos de se relacionar no ambiente escolar, uma nova postura/modo de ser professor que reconhece a importância dos sujeitos compartilharem saberes e se responsabilizarem de forma coletiva pelo processo de construção de conhecimentos científicos e profissionais da docência.&nbsp;</p> 2020-12-22T21:13:14+00:00 Copyright (c) 2020 Geide Coelho https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/390 O papel do preceptor na formação de residentes 2020-12-23T23:27:38+00:00 Raquel Batista Corrêa rakellcorrea@yahoo.com.br Valéria Risuenho Marques vrisuenho@hotmail.com <p>Este artigo traz reflexões sobre contribuições de preceptores ao processo formativo de residentes do Programa Residência Pedagógica, Subprojeto “Ensino de matemática no 6º ano do Ensino Fundamental: experiências formativas por meio da residência pedagógica", do Instituto de Educação Matemática e Científica da Universidade Federal do Pará. Apoiamo-nos em autores que discutem aspectos da formação inicial docente, saberes da docência, bem como informações contidas em documentos oficiais sobre políticas de formação de professores, em particular, o Edital Capes nº 06/2018, para a contextualização das diretrizes do mencionado programa. O estudo é de abordagem qualitativa, tendo como instrumento de coleta de dados um questionário, respondido por 10 residentes. Das respostas é possível indicar que o preceptor figura como: orientador, mediador da articulação teoria e prática, incentivador de práticas de pesquisa, dinamizador de estudos e planejamento, gerenciador de reflexão sobre dificuldades de aprendizagem dos alunos.</p> 2020-12-22T21:16:07+00:00 Copyright (c) 2020 Raquel Batista Corrêa, Valéria Risuenho Marques https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/406 As representações sociais e o programa de residência pedagógica para licenciandos em letras no sertão de Pernambuco 2021-01-13T21:22:10+00:00 Larissa de Pinho Cavalcanti larissa.cavalcanti@ufrpe.br <p>O objetivo desse trabalho é analisar as representações sociais sobre o Programa de Residência Pedagógica da CAPES presentes nos relatórios finais dos bolsistas vinculados à Licenciatura em Letras de uma universidade pública no sertão de Pernambuco. As representações sociais são construções coletivas compartilhadas por membros de grupos sociais que organizam e categorizam os elementos e os eventos do mundo empírico. Com base nos estudos de Moscovici (2000, 2003), Abric (1994), Jodelet (2001) e Py (2000, 2004), investigamos as representações sociais que discentes ligados ao PRP, nossa análise identificou como representações centrais do PRP a formação docente e a definição institucional do programa articuladas em função de: presença em sala de aula, interação entre teoria e prática, por um lado, e o programa como experiência e qualificação positiva. As representações periféricas dizem respeito aos estágios supervisionados e críticas a parceiros do programa.&nbsp;</p> 2020-12-22T21:23:58+00:00 Copyright (c) 2020 Larissa de Pinho Cavalcanti https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/426 A vivência na residência pedagógica em química: aspectos formativos e reflexões para o desenvolvimento da prática docente 2020-12-23T23:26:48+00:00 Flávia C. G. C. Vasconcelos flaviacrisgomes@hotmail.com João Roberto Ratis Tenório da Silva joao.ratis@ufpe.br <p>O Programa da Residência Pedagógica é apresentado como um projeto inovador que estimula a articulação entre teoria e prática nos cursos de licenciatura. Além de discutir a busca de melhorias na prática formativa do licenciando, esta pesquisa apresenta as percepções de licenciandos em Química que participaram do primeiro edital da CAPES, edital N. 8/2018 do <em>campus </em>do Agreste da Universidade Federal de Pernambuco. Mediante os dados apresentados, os residentes conseguiram desenvolver habilidades que versam na prática docente, atendendo aos objetivos do programa, em uma perspectiva de um futuro profissional que reflete a sua prática. Ademais, também foi percebido a necessidade de momentos formativos para os professores preceptores, bem como de uma melhor atuação da gestão escolar na receptividade do programa.</p> 2020-12-22T21:33:57+00:00 Copyright (c) 2020 Flávia C. G. C. Vasconcelos, João Roberto Ratis Tenório da SILVA https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/372 Aproximações e distanciamentos entre as orientações no estágio supervisionado (ESO) e no programa de residência pedagógica (PRP) na formação dos professores de química 2020-12-23T23:26:23+00:00 Thiago Araujo Silveira tgsaraujo@gmail.com Maria Cléa Gomes Marinho clleagomess@gmail.com <p>Buscando melhor formar os futuros professores e incentivar experiências pedagógicas na educação básica, o Estágio Supervisionado e o Programa de Residência Pedagógica propõem-se a aproximar e articular contextos e práticas da educação básica com a da educação superior.&nbsp; Neste trabalho, preocupamo-nos em analisar as aproximações, distanciamentos, contribuições e limitações presentes nas concepções sobre as orientações que ocorrem com os professores que atuam paralelamente no Estágio Supervisionado e PRP em Serra Talhada-PE. A coleta de dados ocorreu por meio de uma entrevista semiestruturada, enquanto que a análise foi feita com a Análise Hermenêutica-Dialética. Como resultados, verificamos que o processo de orientação impacta positivamente a formação dos futuros professores e a co-formação dos professores supervisores tanto no ESO como no PRP; são produzidos espaços de formação coletiva principalmente no PRP;&nbsp; ESO e PRP propiciam espaços formativos privilegiados de aprendizagem uma vez que inserem os professores em contextos práticos ainda na Universidade.</p> 2020-12-22T21:56:16+00:00 Copyright (c) 2020 THIAGO ARAUJO SILVEIRA, Maria Cléa Gomes Marinho https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/367 Alfabetização de idosos: a disciplina EJA no curso de Pedagogia 2020-12-23T23:25:57+00:00 Monica de Ávila Todaro mavilatodaro@ufsj.edu.br <p>As pesquisas sobre a formação inicial de professores para a atuação na Educação de Jovens e Adultos (EJA), tendo como foco as pessoas idosas, têm tido pouco destaque no cenário acadêmico. Neste artigo, pretendo apresentar uma síntese dos principais resultados de uma pesquisa realizada por estudantes do curso de Pedagogia. Os dados foram coletados quando de uma visita técnica a classes que oferecem a Educação de Jovens e Adultos (EJA), na educação não formal, na cidade de São Paulo. Esse estudo explora os fundamentos teóricos advindos da Gerontologia e do método/sistema Freire de alfabetização. Os resultados revelaram que é importante trazer para a disciplina de EJA os desafios de alfabetizar pessoas idosas, uma vez que estas farão parte do público alvo de futuros pedagogos nas classes de EJA.</p> 2020-12-22T21:59:16+00:00 Copyright (c) 2020 Monica de Ávila Todaro https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/407 Formação continuada de professores: reflexões sobre o desenvolvimento do raciocínio multiplicativo no ciclo de alfabetização 2020-12-23T23:25:31+00:00 Eliane Kiss de Souza elianekiss@gmail.com Beatriz Vargas Dorneles bvdornel@terra.com.br Sérgio Roberto Kieling Franco sergio.franco@ufrgs.br <p><strong>RESUMO</strong>: Neste artigo analisa-se a eficácia da formação continuada de professores através dos resultados de grupos experimentais A, B e grupo controle, em relação ao desempenho dos alunos do 3º ano do ensino fundamental na resolução de situações-problema com distribuição/partição e multiplicação. Para tal, foi desenvolvido para os grupos experimentais A e B um processo de formação sobre o desenvolvimento do raciocínio multiplicativo a partir dos conhecimentos prévios dos alunos, coletados na aplicação de um pré-teste. Verificou-se o efeito da formação continuada ao comparar o emprego de estratégias e o percentual de acerto dos alunos no pré-teste e nos pós-teste 1 e 2, com análise qualitativa e quantitativa. Os resultados evidenciaram que o processo de formação continuada junto ao grupo experimental B, com participação espontânea dos professores, contribuiu na construção coletiva dos saberes docentes e no desempenho dos alunos.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE</strong>: Formação Continuada de Professores. Raciocínio Multiplicativo. Desenvolvimento dos Alunos.</p> 2020-12-22T22:02:11+00:00 Copyright (c) 2020 Eliane Kiss de Souza, Beatriz Vargas DORNELES, Sérgio Roberto Kieling FRANCO https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/360 Historia de vida de professora: Jennie Howard uma pioneira na formação de professoras na Argentina 2020-12-23T23:25:05+00:00 Maria Cristina Vera de Flachs vera@onenet.com.ar <p><strong>RESUMO</strong>:Esta pesquisa visa divulgar uma biografia da vida de Jennie Howard, uma das professoras norte-americanas contratadas nos Estados Unidos para vir para a República Argentina junto com um grupo de colegas para instalar as diferentes Escolas Normais do país para formação de professores (as). Ao mesmo tempo, ela pretende prestar homenagem a ela e aos colegas que viajaram ou não foram relacionados ao professor mencionado nas diferentes escolas normais em que trabalho. Metodologicamente, o artigo foi desenvolvido a partir de uma revisão crítica da bibliografia especializada na Argentina e nos Estados Unidos, a partir dos escritos de Jennifer, onde ela relata sua passagem por essas terras e de fontes primárias, principalmente jornais e documentos da época.</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE</strong>: Vida de Professoras; Formação de Professoras; Escola Normal de Córdoba; Argentina séculos XIX, XX.</p> 2020-12-22T22:05:40+00:00 Copyright (c) 2020 Maria Cristina Vera de Flachs