A representação do(a) professor(a) de Educação Física: imagens disponibilizadas nos websites das licenciaturas de universidades brasileiras

  • João Pedro Goes Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba
  • Rosa Aparecida Pinheiro Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba
Palavras-chave: Formação inicial, Representação, Educação Física

Resumo

O presente artigo busca apreciar as representações dos(as) professores(as) licenciados(as) em Educação Física nos sites das graduações mais bem pontuadas do Brasil a partir das avaliações do MEC. Para tanto, separou-se ao todo 7 universidades que oferecem o curso e analisou-se as imagens utilizadas em seus respectivos websites para retratar o(a) profissional do campo. A partir de um aporte teórico na perspectiva dos Estudos Culturais, foi inferido sobre a escassa representação do(a) professor(a) licenciado(a) em situação escolar, o que, defende-se, é um possível vetor de força que contribui para a fortificação de uma identidade cultural ginástico-esportivista e para a afirmação da vertente educacional como pouco prioritária no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.
BRACHT, V. A constituição das teorias pedagógicas da Educação Física. In: UNICAMP. Corpo e educação. Campinas, SP: Unicamp, ano XIX, nº 48, ago. 1999. Cadernos Cedes
CANDAU, V. M. A didática e a formação de educadores. Da Exaltação à negação: a busca da relevância. In: CANDAU, V. M. (Org.) A didática em questão. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.
CASTELLANI FILHO, L. Educação Física no Brasil: a história que não se conta. Campinas, SP: Papirus, 1988.
COSTA, M. V. Ensinando a dividir o mundo; as perversas lições de um programa de televisão. Revista brasileira de educação, nº 20, Maio/Jun/Jul/Ago 2002.
CUCHÊ, D. A noção de cultura nas ciências sociais. Baurú: EDUSC, 1999.
FOUCAULT, M. A arqueologia do saber. 7ª ed. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 2008.
GIROUX, H. Atos impuros: a prática política dos estudos culturais. Porto Alegre: Artmed, 2006.
GROSSBERG, L. Lutando com os anjos: os Estudos Culturais em tempos sombrios. Matrizes, São Paulo, v. 9, nº 2, jul./dez. 2015.
HALL, S. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 22, nº 2, p. 15-46, jul./dez. 1997.
HALL, S. A identidade cultural na pós modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.
HALL, S. Cultura e representação. Rio de Janeiro, Ed. PUC-Rio: Apicuri, 2016.
HALL, S; MELLINO, M. La cultura y el poder: conversaciones sobre loscuturalstudies. 1ª ed. Buenos Aires: Amorrortu, 2011.
HALL, S. Quem precisa de identidade? In: SILVA, T. T. (Org.) Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. 15 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.
KELLNER, D. Lendo imagens criticamente: em direção a uma pedagogia pós-moderna. In.: SILVA, Tomaz Tadeu da. (org.). Alienígenas na sala de aula. Petrópolis,RJ.: Vozes, 1995.
LEVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.
LOPES, J. P. G.; GURGEL, R. Cultura e Educação Física: uma relação com os Estudos Culturais. 1. ed. BeauBassin: Novas Edições Acadêmicas, 2018.
NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. Educação Física, currículo e cultura. São Paulo: Phorte, 2009
NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. Pedagogia da cultura corporal: crítica e alternativas. São Paulo: Phorte, 2006.
NUNES, M. L.; NEIRA, M G. Eu S/A: a identidade desejada na formação inicial em Educação Física. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 44, 2018
SILVA, T. T. A produção social da identidade e diferença. In: SILVA, T. T. (Org.) Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. 15 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.
SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.
WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, T. T. (Org.) Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. 15 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.
Publicado
30-08-2019
Como Citar
GOES, J. P.; PINHEIRO, R. A. A representação do(a) professor(a) de Educação Física: imagens disponibilizadas nos websites das licenciaturas de universidades brasileiras. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 11, n. 21, p. 137-148, 30 ago. 2019.