• (setembro / dezembro) Revista Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP)
    v. 11 n. 22 (2019)

    A Revista Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP) – é uma publicação do Grupo de Trabalho Formação de Professores (GT8), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) publicada em parceria da Autêntica Editora. Esta publicação refere-se ao número 22, do volume 11 referente aperiodicidade de Setembro – Dezembro de 2019. 

    Para esse número que contamos com a publicação de um dossiê de pesquisas sobre as questões Étnicas Raciais na formação do Professor, organizado pelo Prof. Dr. Erisvaldo Pereira dos Santos, quem divide comigo a apresentação desta publicação.   Desta forma os artigos que compõem esse número são reflexões de temáticas do referido dossiê e de artigos da demanda espontânea, oriundos de diversas da área da formação e do ensino. 

    A partir da promulgação da Lei Federal nº 10.639/2003, a qual alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394) para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” e da instituição das “Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana” pelo Conselho Nacional de Educação em 2004, nos Programas de Pós-Graduação em Educação no Brasil houve um incremento de projetos de pesquisa sobre as relações étnico-raciais e o problema do racismo no Brasil. O nosso dossiê sobre formação de professores e questões étnico-raciais traz cinco (5) trabalhos que são resultados de pesquisas realizadas em Programas de Pós-Graduação em Educação nos estados de Minas Gerais, Maranhão e Pernambuco. Essas pesquisas têm como objetivo principal oferecer aportes teóricos, críticos e pedagógicos para a formação de professores. Além disso, os trabalhos nos oferecem um nível de conhecimento sobre os limites e os desafios da implementação das questões étnico-raciais no currículo escolar.

  • Volume 11, n. 21, maio / agosto de 2019 (maio / agosto de 2019)- Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores
    v. 11 n. 21 (2019)

    Reformulação dos Cursos de Licenciaturas no Brasil: Analises de algumas regiões.

    A Revista Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP) é uma publicação  do  Grupo de  Trabalho  Formação de  Professores  (GT8), da  Associação  Nacional de  Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) publicada em parceria da Autêntica Editora. Esta publicação refere-se ao número 21, o segundo número do volume 11 que abrange a periodicidade de Maio-Agosto de 2019.

    Este número apresenta artigos organizados em torno da discussão sobre as  licenciaturas, portanto um número temático  em que o foco incide sobre areformulação dos cursos de licenciatura. A proposição deste Dossiê “Reformulação dos Cursos de Licenciatura” traz para o debate os encaminhamentos institucionais desencadeados pela  Resolução Nº 2, de 1º de julho de 2015, que dispõem sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada.  

    Consideramos de fundamental importância divulgar as iniciativas das universidades sobre as propostas em andamento de modo reforçar a pertinência de investigações sobre essas diretrizes e a socialização das propostas em torno dos cursos de licenciaturas de modo a fomentar o diálogo.

    Os cursos de licenciatura constituem-se a formação básica do professor, portanto sua importância na profissionalização dos professores. Os artigos reunidos favorecem essa compreensão pois apresentam as reformulações desencadeadas em diferentes estados brasileiros.

    A seguir apresentamos os artigos que compõem esse número da revista. Um dossiê com análise de algumas regiões do país: O artigo Reformulação de cursos de licenciatura na Bahia: interesses e desafios subjacentessitua a discussão da formação no bojo das políticas educacionais, considerando um contexto do sistema capitalista neoliberal. Retrocede as políticas dos anos de 1990, em que se firmam os governos neoliberais. Depois apresenta dados específicos da pesquisa realizada sobre reformulações naquele estado.

    O segundo artigo Formação inicial de professores para a educação básica em uma universidade tecnológicaapresenta a evolução do processo de organização para a reformulação dos cursos de licenciatura na Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

    A reformulação dos cursos de Pedagogia neste mesmo estado é abordada no artigo Os cursos de licenciaturas em pedagogias das universidades públicas do Estado do Paranádestacando que os projetos dos Cursos de Licenciatura em Pedagogia das universidades públicas do Paraná pautam-se na formação do pedagogo, numa perspectiva de totalidade do trabalho pedagógico, prevendo a atuação nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; Magistério para a Educação Infantil; Gestão Pedagógica na Educação Formal e não-formal bem como atuação nos Magistérios de Matérias Pedagógicas.

    O curso de Pedagogia também é alvo da pesquisa relatada no artigo Desafios da formação docente: o curso de pedagogia da faculdade de formação de professores (FFP/UERJ)trata-se de uma investigação exploratória que tem como objetivo compartilhar reflexões acerca do processo de reformulação do curso de Pedagogia da Faculdade de Formação de Professores (FFP/UERJ)

    O exame de um curso de licenciatura no campo das artes é feito no artigo Formação do professor de dança: em análise o currículo do primeiro curso de licenciatura de Santa Catarina.  O referido artigo discute a implantação do primeiro curso de dança na região sul, trazendo para o debate importantes elementos para a formação de professores no campo das artes (música, dança, teatro, artes visuais) para a educação básica. O artigo faz sua análise com base na legislação sobre o tema.

    E artigo A formação docente na educação profissional e tecnológica no IFNMGestuda a formação do professor para esta modalidade de educação. Trata-se de pesquisa que analisou como acontece a formação dos professores que atuam como formadores nas diferentes modalidades e níveis de ensinoem especial no IFNMG/CampusJanuária.

    A definição da direção do estudante pelo o curso de licenciatura é tratada no artigo A Escolha pela licenciatura em cursos com Área Básica de Ingresso (ABI)apresenta um estudo em que a escolha é realizada pelos estudantes no decorrer do curso. A pesquisa está ambienta no curso de Ciências Biológicas do sul do país e investiga as motivações da escola dos alunos pela licenciatura.

    Deste modo, o dossiê expressa contribuições importantes para os cursos de formação básica dos professores considerando que a reformulação é um esforço para que as finalidades dos cursos superem as dicotomias da organização curricular, bem como estabeleçam articulação entre a formação e a prática docente e elevem o estatuto da profissionalização docente.

    O dossiê é seguido de dois artigos do fluxo de submissões de artigos à revista. Ambos estão dentro da temática geral do dossiê. O primeiro trata-se de um estudo, a partir de trajetórias de educadores, sobre a sua formação inicial no curso de pedagogia e a preparação para atuação no ensino multisseriado. O segundo artigo trás a discussão sobre a formação do professor de Educação Física, a partir de um conteúdo pouco veiculado no campo da formação, a saber, a análise das representações do professor por meio das imagens utilizadas nos websites de sete universidades brasileiras.

    Com esse corpus de trabalhos originados de pesquisas sobre a formação de professores no Brasil – Licenciaturas - apresentamos ao público a produção do referido campo,  desejando boa leitura e que esse material possa auxiliar, inspirar as pesquisas e reflexões vindouras ou em curso neste campo de pesquisa no Brasil.

    José Rubens Lima Jardilino

    Joana Paulin Romanowski

  • Volume 11, n. 20, jan / abr de 2019 jan / abr de 2019 - Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores
    v. 11 n. 20 (2019)

    A Revista Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP) – é uma publicação do Grupo de Trabalho Formação de Professores (GT8), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) publicada em parceria da Autêntica Editora. Esta publicação refere-se ao número 20, o primeiro número do volume 11 que abrange a periodicidade de Janeiro-Abril de 2019. O primeiro número de sua nova fase com periodicidade quadrienal. 

    Os artigos que compõem esse número são reflexões de temática diversas da área da formação e do ensino. Trata-se de um número que divulga uma série de pesquisa e estudos no campo do Ensino no campo da pedagogia, da formação em língua estrangeira para o ensino na educação de Jovens e Adultos e dois artigos que abordam a formação e o ensino na área da Saúde, um tema pela primeira vez visitado na revista. Seguido por textos que discutem temas sobre as licenciaturas, no estágio supervisionada e o PIBID e sobre a Formação de Professores para a Educação profissional.  Finaliza esse número com um artigo em língua francesa da lavra da professora Thérèse Hamel, Québec, Canadá, pesquisadora da História da Educação e, em especial da história da formação de professores no Canadá,  no qual traz uma reflexão sobre  a transferência da formação de professores da Escola Normal para a universidade, vista a partir da ótica das professores religiosas do Québec no século passado. 

    Esse número de demanda espontânea apresenta uma boa distribuição dos trabalhos por região, contemplando a divulgação de pesquisas sobre a formação de professores e na área do Ensino em quatro das cinco regiões do Brasil, a saber, 1 da região nordeste, 2 trabalho do Centro-Oeste, 2 da região Sudeste e 4 artigos da região Sul, assim como 1 verbete da mesma região . Esse número traz também 1 artigo internacional. Os dez artigos estão assim distribuídos: 1. Estágio supervisionado como espaço de reflexão sobre o exercício da docência em Química no Ensino Médio; 2.A formação pedagógica nos cursos de licenciatura da UFPB – repensando a prática como componente curricular; 3. Estratégias formativas do Programa PIBID no Estado de São Paulo: Os subprojetos de pedagogia em questão; 4. A construção de saberes docentes no contexto das ações formativas colaborativas; 5. Os conhecimentos de Didática na formação de professores; 6. Formação de Professores na Educação Profissional: uma análise sobre a dimensão pedagógica; 7. Processos formativos  de professores de inglês que trabalham na EJA- Educação de Jovens e Adultos; 8. Formação para a Docência na Educação Superior no campo da Saúde: Horizontes de Pesquisa; 9. Classe Hospitalar: Práticas pedagógicas desenvolvidas com Crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental. 10. La face cachée de la “Revolution Tranquille: l ecas de l’abolition des Écoles Normales vue à travers de regard des  religieuses enseignantes au Québec- Canadá.

    Este número inaugura a Sessão Verbete que se dedica a proporcionar uma ferramenta para pesquisando iniciantes sobre a Formação de Professores. A Comissão Editorial apoiou a criação dessa sessão (na mesma sessão de entrevistas) em virtude de demanda espontânea. A sua característica não será na perspectiva do verbete enciclopédico, mas numa abordagem conceitual do que já está consolidado no campo da Formação de Professores e profissão docente. Não tem a finalidade de ensaio suscitando novos debates, mas, sim de elaborar e divulgar os conceitos do conhecimento dado no campo.

    Agradecemos atenção do leitor e o convidamos a leitura

    _José Rubens Lima Jardilino_

  • Volume 10, n. 19, ago/dez de 2018 ago/dez 2019 - Formação Docente - Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores
    v. 10 n. 19 (2018)

    A Revista Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP) – é uma publicação do Grupo de Trabalho Formação de Professores (GT8), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) publicada em parceria da Autêntica Editora. Esta publicação refere-se ao número 18, o primeiro número do volume 10 que abrange a periodicidade de janeiro-Julho de 2018. 

    O Conselho editorial executivo da revista tomou a decisão de publicar nos dois números de 2018, um dossiê divulgando um retrato/perfil dos grupos de pesquisa sobre Formação de Professores no Brasil, elaborados pelos grupos que participaram do III Simpósio de Grupos de Pesquisas nesse campo do conhecimento na área da Educação e Ensino, realizado em Guarulhos em Outubro de 2016 e no qual participaram 42 Grupos de Pesquisa. Desta forma os dois números do volume 10 retratam uma fotografia da pesquisa em grupos consolidados sobre a temática. 

    Pela lavra de experientes pesquisadores do campo, o núcleo duro de sustentação do GT 08 da Anped, os textos aqui veiculados indicam como os grupos vêm desenvolvendo suas pesquisas, tema e subtemas, o quadro teórico sob qual orientam suas pesquisas, a natureza da investigação, as contribuições para o campo da formação de professores e as perspectivas teórico-metodológicas. Esse volume demonstra o acumulo do conhecimento sobre a Formação de Professores e, em especial, revelam uma grande rede de pesquisa no país sobre esse campo de conhecimento.  

    Os números 18 e 19 que compõem o volume 10 que comemoram os 10 anos de criação do periódico Formação Docente - Revista Brasileira de Pesquisa sobre a Formação de Professores (RBPFP) publicada pelo GT 08 – Formação de Professores da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação em parceria com a Editora Autêntica. 

    O número 19 desse volume que ora apresentamos está composto de 8 artigos do dossiê acima mencionado e acrescidos de dois artigos internacionais da demanda espontânea. Trata-se do artigo El arte de la educación integral: Retos a la formación de Maestros de autoria das professoras Diana, Soto-Arango (UPTC), Edith Bernal (PUC Javeriana) que discutem a formação de professores na abordagem de uma educação humanística sob o modelo pedagógico de aprendizagem como arte em oposição à abordagem educativa instrucional do modelo pedagógico da educação programada. O Segundo artigo é da lavra do jovem professor da Universidade Pedagógica Nacional da Colômbia, doutorando em Ciencias de la Educación pelo doutorado oferecido pela Rede de Universidades Públicas Colombianas – RUDECOLOMBIA, Ricardo Andrés Franco Moreno, no qual apresenta numa perspectiva história da formação de professores - Licenciados em Ensino de Ciências na Colômbia.

    Agradecemos de forma especial a fidelidade do leitor e pesquisador nesses 10 anos de existência da Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores – Formação Docente e os convidamos a leitura deste número.

  • v. 3 n. 5 (2011)

    Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBFP), no seu quinto número, apresenta artigos originados em pesquisas em diferentes temáticas sobre processos, modalidades, cursos e programas de formação de professores com o propósito de favorecer o debate na área. 

    As pesquisas sobre formação de professores apontam uma diversidade de abordagens tanto temáticas como metodológicas articuladas à abrangência do atual contexto educacional, que prescinde de professores como profissionais envolvidos na promoção dos processos educativos nos diferentes níveis e modalidades de ensino na escola e demais instituições educacionais.

  • v. 3 n. 4 (2011)

    A Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBFP), no seu quarto número, reúne parte da produção de um conhecido evento do campo da Educação no Brasil: o Simpósio de Formação e Profissão Docente (SIMPOED). Organizado pelo Departamento de Educação da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), o simpósio, na sua oitava versão, visou a lançar novos olhares sobre a formação docente e o universo da diversidade cultural no mundo contemporâneo, e por isso se dedicou ao debate sobre o seguinte tema: “Formação de professores, diversidade e compromisso social”.

    A editoria da revista, ao compreender que a temática do referido evento estava em consonância com as preocupações editoriais da RBFD para 2011, a saber, o diálogo com as pesquisas que tratam de temas emergentes na formação, entrou em contato com os organizadores do SIMPOED e sugeriu que uma seleção de textos compusesse este volume. Fomos prontamente atendidos e, sob a coordenação da professora Margareth Diniz, se organiza este número que ora apresentamos.

  • v. 2 n. 3 (2010)

    A Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBFP) continua, no seu terceiro número, seguindo a discussão sobre os temas emergentes no campo da formação de professores. Além de multiplicidade de temas, objetos e sujeitos, o campo apresenta variados aportes teóricos e metodológicos, motivando os pesquisadores a visitarem outras áreas, a lançarem seu olhar para outras esferas do conhecimento. Os últimos levantamentos vêm indicando que o campo tem se tornado cada vez mais interdisciplinar e que a temática da formação permeia as diversas áreas/campos do conhecimento científico e prático. Percebem-se, nesse movimento, diferentes adesões teóricas, que vão além das clássicas análises sociológica, antropológica, filosófica e política. Hoje, o campo flerta com a psicanálise, com os estudos culturais e da complexidade, entre outros. Isso ocorre com maior visibilidade nos trabalhos apresentados nos GTs das Reuniões Anuais da ANPEd, nos encontros do ENDIPE e nas muitas teses que não chegam a ser publicadas ou apresentadas em eventos de caráter nacional.

  • Formação Docente – Capa v2n2 v. 2 n. 2 (2010)

    Este segundo número da Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores consolida o projeto do Grupo de Trabalho 8 (GT8) da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), em parceria com a Autêntica Editora, de criar um periódico eletrônico e disponibilizar, por meio dele, artigos on-line, a fim de fomentar e qualificar a produção acadêmica sobre a temática no Brasil.

    Para tal, o foco deste número 2 da Revista é apresentar uma série de textos que discuta temas emergentes da pesquisa sobre formação de professores no país e no mundo. Os autores que contribuíram com este número abordaram as seguintes temáticas: formação de educadores e diversidade cultural; pesquisa-ação; representações sociais da profissão docente; estudos de educação comparada na formação de professores; o grupo como importante dispositivo na preparação de profissionais da educação e, finalmente, a epistemologia da experiência na formação de professores.

  • Formação Docente – Capa v1n1 v. 1 n. 1 (2009)

    Após o esforço concentrado da comunidade brasileira de pesquisadores sobre formação docente, organizada por meio do Grupo de Trabalho “Formação de Professores” (GT08) da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Educação (ANPEd) e em parceria como uma das maiores editoras do país, a Autêntica, temos o imenso prazer em apresentar o primeiro número da “Formação Docente” – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores. Este primeiro número da Revista reúne artigos que discutem, preferencialmente, o campo da pesquisa sobre a formação de professores no Brasil e no exterior (nos Estados Unidos e em Portugal). Sendo assim, o leitor encontrará aqui artigos baseados em estudos que analisaram a produção acadêmica sobre a formação docente nesses países. Além disso, há dois textos que tangenciam essa temática e abordam tópicos também muito importantes: um bastante recente entre as investigações acadêmicas – a construção da identidade profissional docente – e outro um velho conhecido da área, porém, ainda insuficientemente analisado pelas pesquisas – o estágio supervisionado.