A Formação Pedagógica dos cursos de Licenciatura da UFPB: repensando a prática como componente curricular

  • Fábio do Nascimento Fonsêca UFPB
  • Lenilton Francisco de Assis UFPB
Palavras-chave: Formação de Professores, Formação Pedagógica, Pratica curricular como componente

Resumo

O artigo apresenta uma reflexão sobre o papel da Prática como Componente Curricular (PCC) no âmbito da formação pedagógica dos cursos de licenciatura da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Estudo de natureza qualitativa, faz uso de análise documental para avaliar as definições conceituais e normativas da PCC nos currículos das licenciaturas do país e sua regulamentação na UFPB. Na sequência, coloca questões que confrontam os documentos normativos nacionais e institucional, além de apresentar princípios que subsidiam a elaboração de uma proposta de formação pedagógica na qual a PCC adquire nova dimensão e nova organização curricular. Ao final, há um quadro síntese da proposta com a qual se espera fomentar o debate e as revisões dos projetos pedagógicos das licenciaturas da UFPB e de outras instituições onde a PCC também suscita dúvidas e controvérsias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio do Nascimento Fonsêca, UFPB

Professor Associado do Departamento de Habilitações Pedagógicas (DHP) do Centro de Educação da UFPB. Assessor na Coordenação de Currículos e Programas (CCP) da Pró-Reitoria de Graduação da UFPB.

Lenilton Francisco de Assis, UFPB

Professor Adjunto do Departamento de Metodologia da Educação (DME) e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFPB. Pós-Doutorando em Educação na UFPE.

Referências

REFERÊNCIAS

ANDRÉ, Marli (Org.). Práticas inovadoras na formação de professores. Campinas, SP: Papirus, 2016.

BARBOSA, Alessandro Tomaz. A Prática como Componente Curricular nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas. X ANPED SUL, Florianópolis, outubro de 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP Nº 28/2001. Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária dos cursos de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/028.pdf > Acesso em: 28 nov. 2001
______. Resolução CNE/CP Nº. 1/2002. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_02.pdf > Acesso em: 23 abr. 2002

______. Resolução CNE/CP Nº. 2/2002. Institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CP022002.pdf > Acesso em: 28 out. 2002

______. Parecer CNE/CES Nº. 15/2005. Solicitação de esclarecimento sobre as Resoluções CNE/CP Nº. 1/2002, que institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena, e 2/2002, que institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior. Disponível em: Acesso: 16 nov. 2005

______. Resolução CNE/CP Nº. 2/2015. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/secretaria-de-regulacao-e-supervisao-da-educacao-superior-seres/323-secretarias-112877938/orgaos-vinculados-82187207/21028-resolucoes-do-conselho-pleno-2015 > Acesso em: 21 set. 2015

ESCARIÃO. Glória das Neves Dutra; NÁDER, Alexandre Antônio Gili. Recuperando a memória: o impacto da resolução CONSEPE 04/ 2004 na carga de ensino de graduação dos departamentos do CE. João Pessoa, 2004 (mimeo.).

GARCÍA, Carlos Marcelo. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999.

LIBÂNEO, José Carlos; PIMENTA, Selma Garrido. Formação de profissionais da educação: visão crítica e perspectiva de mudança. Educação & Sociedade, ano XX, N. 68, Dezembro/99. p. 239-277

NÓVOA, Antônio (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

PIMENTA, Selma Garrido. Saberes pedagógicos e atividades docentes. São Paulo: Cortez, 1999.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão. Resolução CONSEPE/UFPB Nº. 04/2004. Estabelece a base curricular para a formação pedagógica dos cursos de Licenciatura da UFPB.

______. Resolução CONSEPE/UFPB Nº. 46/2012. Altera a Resolução CONSEPE/UFPB nº 04/2004, que estabelece a base curricular para a formação pedagógica dos cursos de Licenciatura da UFPB. Disponível em: < https://sigrh.ufpb.br/sigrh/public/colegiados/filtro_busca.jsf > Acesso em: 21 set. 2017

______. Resolução CONSEPE/UFPB Nº. 16/2015. Aprova o Regulamento dos Cursos Regulares de Graduação da Universidade Federal da Paraíba. Disponível em: < https://sigrh.ufpb.br/sigrh/public/colegiados/filtro_busca.jsf > 23 set. 2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Resolução Nº. 01/2017 – DME/CE/UFPB. Regulamenta os componentes curriculares obrigatórios de Estágio Supervisionado de Ensino cadastrados no Departamento de Metodologia da Educação e oferecidos aos cursos presenciais de licenciatura do Campus I da Universidade Federal da Paraíba. Boletim de Serviços, Nº. 54, p. 58-43, 28/09/2017. Disponível em: < https://sigaa.ufpb.br/sigaa/public/departamento/noticias_desc.jsf?lc=pt_BR&id=1385¬icia=75525311 > Acesso em: 02 nov. 2017

WEBER, Silke. Notas sobre o CNE e a qualidade do ensino superior. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, p. 91 – 96, 2002.
Publicado
12-07-2019
Como Citar
FONSÊCA, F. DO N.; ASSIS, L. F. DE. A Formação Pedagógica dos cursos de Licenciatura da UFPB: repensando a prática como componente curricular. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 11, n. 20, p. 27-44, 12 jul. 2019.