Apresentação

  • Márcia de Souza Hobold
  • Joana Paulin Romanowski

Resumo

A formação de professores está no centro dos debates, dos investimentos, do planejamento e da imple-mentação de políticas públicas no Brasil. Na atual conjuntura, espera-se que os professores, as ações e as políticas de formação promovam a melhoria e a efetividade do processo de escolarização da totalidade da população brasileira. Na última década, houve um número crescente de reformas e ações governa-mentais para a formação inicial e continuada de professores. Tendo em vista esse processo de mudança, salienta-se que as pesquisas realizadas nos programas de pós-graduação podem trazer uma contribuição instigante e propositiva para o desenvolvimento da prática pedagógica e da formação de professores.

Com o propósito de aproximar, disseminar e evidenciar os conhecimentos, é que o Grupo de Trabalho (GT) de Formação de Professores, do IX Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul (ANPEd SUL), realizado em Caxias do Sul, na Universidade de Caxias do Sul (UCS), de 29 de julho a 1º de agosto de 2012, com a temática: “A Pós-Graduação e suas interlocuções com a Educação Básica”, organizou este número da revista Formação Docente: Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, com tra-balhos apresentados no referido GT sobre a formação inicial, a formação continuada, o desenvolvimento profissional, a identidade, a profissionalidade e a profissionalização dos docentes. 

As pesquisas desenvolvidas nessas diferentes perspectivas subsidiaram os debates do GT de Formação de Professores da ANPEd SUL, que teve como objetivo central propiciar a interlocução entre os pes-quisadores de diferentes instituições da região Sul do Brasil. Acrescenta-se, ainda, que a integração e a interlocução entre os diversos pesquisadores fortalecem os processos de formação e da prática docente, consolidando o campo de investigação e o objeto de estudo da formação de professores, especialmente, quanto às abordagens teóricas e metodológicas que constituem as pesquisas.

Convidamos os(as) pesquisadores(as) que abordaram especificamente as questões da formação de profes-sores, que, prontamente, aceitaram o convite e se propuseram a rever seus trabalhos em conformidade com as orientações da revista.

Desse trabalho, intenso e em equipe, apresentamos os artigos: “O Programa para Reforma Educacional na América Latina e Caribe (PREAL) e a política de formação docente no Brasil na década de 1990”, de Adriana da Cunha Werlang e Edaguimar Orquizas Viriato; “Governamentalidade e estatística na formação docente: implicações sobre a Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente”, escrito por Raquel Fröhlich; “PIBID: promoção e valorização da formação docente no âmbito da Política Nacional de Formação de Professores”, de Silvia Regina Canan; “Bullying, políticas e representações sociais de professores da escola básica”, de Jociane Emídia Silva Geronasso e Romilda Teodora Ens; “Formação continuada na modalidade de grupo de estudos: repercussões na prática docente”, de Andréia Veridiana Antich e Mari Margarete dos Santos Forster; “Motivações, primeiras experiências e desafios: o que expressam os docentes universitários iniciantes?”, escrito por Beatriz Atrib Zanchet, Maurício Vitoria Fagundes e Helenara Facin, e “Formação docente de professores que atuam nos cursos superiores de tecnologia”, de Ricardo Siewerdt e Rita Buzzi Rausch.

Esperamos que estas pesquisas possam subsidiar discussões e ações sobre as questões do campo da formação de professores.

Desejamo-lhes uma ótima leitura!

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
20-06-2018
Como Citar
DE SOUZA HOBOLD, M.; ROMANOWSKI, J. P. Apresentação. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 4, n. 6, p. 9, 20 jun. 2018.
Seção
Apresentação