Formação de professores na América: notas sobre história comparada da educação no século XX

  • José Rubens Lima Jardilino Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Palavras-chave: Formação de professores, História da educação, Instituições escolares

Resumo

O presente artigo é fruto de uma investigação sobre modelos de formação de professores empreendido nas escolas normais no eixo sul-norte (Brasil e Canadá), considerando o período de 1930 a 1970 no qual se busca compreender, por meio de uma abordagem comparada, como esses modelos de formação na América, implementados por essas instituições escolares para a formação de mestres-escola contribuíram, em cada contexto específico com suas semelhanças e distanciamentos, para o projeto de nação que naquele período se constituía e se consolidava em cada país. O objetivo do trabalho é apresentar duas experiências americanas de formação de professores, analisando-as a partir de três eixos que determinamos como unidades de análises: rural-urbano; laicidade-religiosidade; formação técnica-formação humanista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Rubens Lima Jardilino, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Professor do Departamento de Educação (DEEDU) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Pesquisador e professor convidado do Programa de Doutorado em Ciências da Educação da REDECOLOMBIA, da Universidade Pedagógica y Tecnológica da Colômbia e da Universidade Pablo de Olavid, em Sevilha, na Espanha.

Publicado
15-05-2010
Como Citar
JARDILINO, J. R. L. Formação de professores na América: notas sobre história comparada da educação no século XX. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 2, n. 2, p. 54-67, 15 maio 2010.
Seção
Artigos