Formação de professores e suas relações com a pedagogia para a educação superior

Autores

  • Alda Roberta Torres
  • Maria Isabel de Almeida
Abstract views: 1864 / PDF downloads: 2106

Palavras-chave:

Formação de professor, Pedagogia, Educação superior, Pedagogia universitária

Resumo

O trabalho apresentado tem como objetivo analisar a Pedagogia no contexto da educaçãosuperior e as suas contribuições relacionadas ao desenvolvimento profissional na formação de professores. Para tanto, analisa como o campo de conhecimento da Pedagogia Universitária vem se constituindo, e, sobretudo, problematiza-o na direção de pensarmos a Pedagogia para a educação superior numa perspectiva mais ampla que a própria universidade. Ademais, analisa a imbricação das políticas institucionais para a formação dos professores da educação superior, compreendendo que as instituições são responsáveis pela promoção dessa formação. A abordagem epistemológica assumida neste trabalho está sustentada pelas contribuições de Vázquez (2011), Heller (2008), Cunha (1998, 2006, 2008), Pimenta (1998), Almeida (2006, 2011, 2012), Almeida e Pimenta (2009) e Pimenta e Almeida (2011). No desenvolvimento das nossas análises, compreendemos que a Pedagogia Universitária é um campo de conhecimento profícuo e em expansão que contribui na proposição de políticas institucionais de formação de professores da educação superior, sobretudo quando se trata da formação pedagógica. O cenário da educação superior é atingido por reformas de cunho político-econômico que resvalam no trabalho do professor, alterando as características da docência no ensino superior e trazendo tensões desafiadoras para a comunidade acadêmica que, ao pensar na formação para a docência, poderá vinculá-la ao desenvolvimento profissional docente, mas enfrentará as omissões da legislação e as tendências mercadológicas que pautam esse cenário, expressas através de políticas nacionais que assimilam tendências mundiais de padronização e regulamentação do trabalho dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, M. I. de. Apontamentos a respeito da formação de professores. In: BARBOSA, R. L. L. (Org.).

Formação de educadores: artes e técnicas, ciências e políticas. São Paulo: UNERSP, 2006.

ALMEIDA, M. I. de. Pedagogia universitária e projetos institucionais de formação e profissionalização de professores universitários. 2011. 147 f. Tese (Livre-Docência) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

ALMEIDA, M. I. de. Formação do professor do Ensino Superior: desafios e políticas institucionais. São Paulo: Cortez, 2012.

ALMEIDA, M. I. de; PIMENTA, S. G. Pedagogia Universitária: valorizando o ensino e a docência na Universidade de São Paulo. In: ______. (Orgs.). Pedagogia Universitária. São Paulo: EDUSP, 2009.

ANASTASIOU, L. das G. C. Propostas curriculares em questão: saberes docentes e trajetórias de forma-ção. In: CUNHA, M. I. da. Reflexões e práticas em pedagogia universitária. Campinas, SP: Papirus, 2007.

ARAÚJO, J. C. S. Pedagogia Universitária: gênese filosófico-educacional e realizações brasileiras no século XX. Linhas Críticas, Brasília, v. 14, n. 26, p. 25-42, jan./jun. 2008.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2013.

CUNHA, M. I. da. O Professor universitário na transição de paradigmas. Araraquara: JM, 1998.

CUNHA, M. I. da. Pedagogia Universitária. In: MOROSINI, M. C. Enciclopédia de pedagogia universitária: glossário. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006.

CUNHA, M. I. da. O Lugar da formação do professor universitário: a condição profissional em questão.

In: ______. Reflexões e práticas em pedagogia universitária. Campinas, SP: Papirus, 2007.

CUNHA, M. I. da. Inovações pedagógicas: o desafio da reconfiguração de saberes na docência universi-tária. Cadernos de Pedagogia Universitária, São Paulo: Ed. da USP, v. 6, set. 2008.

FARIA, L. R. A. de. As orientações educativas contra-hegemônicas das décadas de 1980 a 1990 e os rebatimentos pós-modernos na didática a partir da visão de estudiosos. 2011. 342 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários á prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2004.

HOUAISS, A. Dicionário Eletrônico da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

HELLER, A. O Cotidiano e a história. Tradução de Carlos Nelson Coutinho e Leandro Konder. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

LEITE, D. Verbetes gerais. In: Enciclopédia de pedagogia universitária: glossário. Vol. 2. Editora-chefe: Marília Morosini. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006.

LUCARELLI, E. (Org.). El asesor pedagógico en la universidad. De la teoría pedagógica a la práctica em la formación. Buenos Aires: Paidós, 2000.

MAZZOTTI, T. B. Estatuto de Cientificidade da Pedagogia. In: PIMENTA, S. G. (Coord.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez, 1998.

PIMENTA, S. G. (Coord.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez, 1998.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. das G. C. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2002.

PIMENTA, S. G.; ALMEIDA, M. I. de (Orgs.). Pedagogia universitária: caminhos para a formação de pro-fessores. São Paulo: Cortez, 2011.

SCHEIBE, L. Pedagogia universitária e transformação social. 1987. 187 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 1987.

VÁZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Tradução de Maria Encarnación. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO). São Paulo: Expressão Popular, 2011.

Downloads

Publicado

2018-07-05

Como Citar

TORRES, A. R.; ALMEIDA, M. I. de. Formação de professores e suas relações com a pedagogia para a educação superior. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 5, n. 9, p. 11–22, 2018. Disponível em: https://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/92. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos